Cteep prevê mais R$ 500 mi ao ano em reforços e melhorias

Companhia tem se estruturado para elevar aporte destinado a modernização e eficiência de seus ativos

A transmissora de energia Cteep, controlada pelo grupo colombiano Isa, está se estruturando para elevar seus investimentos em reforços e melhoria de seus ativos. A empresa prevê aumentar entre R$ 400 milhões a R$ 500 milhões os aportes visando a modernização de seus empreendimentos. A informação foi passada pelo CEO da empresa, Rui Chammas, durante teleconferência dos resultados da empresa referente ao segundo trimestre deste ano, realizada nessa sexta-feira, 31 de julho.

De acordo com o executivo, esse movimento indica uma estratégia de elevação nos recursos em relação a 2019, já levando em consideração o recente aporte de R$ 700 milhões aprovado junto à Aneel para o segmento. “Os investimentos trarão duas vantagens: rentabilidade adequada, uma vez que é definido pelo órgão regulador, e a possibilidade de reduções de custo em atividades de operação e manutenção”, explica o executivo.

Perguntado sobre a possibilidade de aumento no pagamento de dividendos, o Diretor Financeiro e de Relação com Investidores, Alessandro Gregori, rechaçou a ideia, indicando que a companhia pretende manter sua política de um volume de 75%, o que já foi divulgado em seu resultado regulatório. Segundo ele, o objetivo é crescer usando a geração de caixa adicional para buscar novas oportunidades no mercado e que incrementem receita, com alternativas vislumbradas tanto no mercado brownfield quanto greenfield.