Lucro da Taesa aumenta 42,4% no segundo trimestre

Transmissora computa ganhos de R$ 437,8 milhões e ebitda regulatório 2,4% maior em relação ao mesmo período de 2019

A Taesa fechou o segundo trimestre do ano reportando lucro líquido de R$ 437,8 milhões, aumento de 42,4% quando comparado ao mesmo período do ano passado. A empresa divulgou seus resultados financeiros na última quarta-feira, 12 de agosto, mostrando incremento de 2,4% no ebitda regulatório, que chegou a R$ 316,8 milhões, com destaque para o impacto positivo de R$ 48 milhões pelas aquisições recentes e da entrada em operação de novos projetos.

No resultado regulatório, a receita líquida somou R$ 385,7 milhões, um crescimento de 7,1% explicado pelo reajuste inflacionário, entrada em operação de Miracema, Mariana e dos reforços da Novatrans, além da compra das concessões São João, São Pedro e Lagoa Nova e consolidação da Brasnorte, efeitos que compensaram a queda da RAP de algumas regiões.

As despesas financeiras líquidas chegaram a R$ 27,7 milhões, 60,9% menor que o registrado no segundo trimestre de 2019, em função principalmente da deflação acumulada do IPCA de 0,43% registrada no período. Por sua vez, a dívida líquida ficou em R$ 4,4 bilhões, 77,7% a mais do que os R$ 2,4 bilhões no ano passado.