Light encerra trimestre com prejuízo de R$ 45 milhões

Ebitda ficou em R$ 145 milhões, uma queda de 62,4% no período

A Light verificou um prejuízo de R$ 45 milhões ao final do segundo trimestre, volume aquém dos R$ 11 milhões de ganhos computados no mesmo período do ano passado. A companhia reportou seus resultados financeiros na última quinta-feira, 13 de agosto, mostrando queda de 10,5% na receita líquida, que foi de R$ 2,6 bilhões para R$ 2,3 bilhões esse ano.

De acordo com a empresa, o destaque foi o lucro de R$ 70 milhões da geradora frente a um prejuízo de R$ 2 milhões no ano passado. O ebitda consolidado ficou em R$145 milhões, redução de 62,4% quando comparado ao segundo trimestre de 2019, o que é explicado principalmente pelos impactos da pandemia na distribuidora.

Já o indicador apurado na relação entre a dívida líquida/ebitda finalizou o período em 3,07 vezes, em linha com o valor apurado anteriormente e abaixo do limite de 3,75x estabelecido como covenant na maioria dos contratos. A dívida líquida no final de junho somava R$ 6,7 bilhões.