PLD diminui em todos os submercados na quarta semana de agosto

Preço médio dos submercados Sudeste/Centro-Oeste, Sul e Norte reduziu 38%, sendo fixado em R$ 58,27/MWh

O Preço de Liquidação das Diferenças (PLD) para o período de 22 a 28 de agosto teve queda em todos os submercados, informou a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) nesta sexta-feira, 21.

O preço caiu 38% nos submercados Sudeste/Centro-Oeste, Sul e Norte, saindo de R$ 94,16/MWh para R$ 58,27/MWh. O Nordeste apresentou queda de 23%, saindo de R$ 73,86/MWh para R$ 56,82/MWh.

Segundo a CCEE, o principal fator responsável pela queda do PLD foi a expectativa de aumento das afluências do Sistema Interligado Nacional (SIN). Além disso, os limites de envio de energia da região Nordeste continuam sendo atingidos em todos os patamares, mantendo o descolamento dos preços em relação aos demais submercados.

Espera-se que as afluências de agosto de 2020 fechem em torno de 90% da média de longo termo (MLT) para o SIN, sendo aproximadamente 86% na região Sudeste/Centro-Oeste, 110% no Sul, 70% na região Nordeste e 73% na região Norte.

A expectativa para a próxima semana operativa é de que a carga para o SIN fique cerca de 1.826 MW médios mais elevada do que a previsão anterior, com previsão de alta no Sudeste/Centro-Oeste (+1.244 MW médios), Sul (+157 MW médios), Nordeste (+290 MW médios) e Norte (+135 MW médios).

Já os níveis dos reservatórios do SIN ficaram cerca de 2.837 MW médios acima do esperado. Os níveis estão mais altos no submercado Sudeste (+204 MW médios), no Sul (+1.910 MW médios) e no Nordeste (+1.033 MW médios). Os níveis estão mais baixos no Norte (-310 MW médios).

O fator de ajuste do MRE estimado para o mês de agosto de 2020 passou de 61,6% para 63,5%. O Encargo de Serviços do Sistema (ESS) previsto para agosto de 2020 está em R$ 17,6 milhões, sendo R$ 12,9 milhões devido a restrições operativas e R$ 4,7 milhões a Unit Commitment.