AES Tietê tem aval do órgão antitruste para comprar eólicas no Nordeste

Operação consiste na aquisição, pela AES, da totalidade do capital social dos parques eólicos Miassaba 3 (68,5 MW) , Rei dos Ventos I (58,5 MW) e III (60,1 MW)

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE) autorizou sem restrições a negociação envolvendo a AES Tietê e a Ventus Holding de Energia Eólica, sociedade controlada pelo grupo J. Malucelli. A autorização foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) nesta terça-feira, 15 de setembro.

A operação consiste na aquisição, pela AES, da totalidade do capital social dos parques eólicos Miassaba 3 (68,5 MW) , Rei dos Ventos I (58,5 M)  e III (60,1 MW), todos no Rio Grande do Norte.

Segundo a AES Tietê, a operação faz parte da estratégia de crescimento com ênfase no mercado eólico e resulta em ganho de escala e eficiência para o grupo.

Pela perspectiva da Ventus, a operação representa uma boa oportunidade negocial e permitirá ao Grupo J. Malucelli focar sua gestão e recursos nos demais empreendimentos de energia eólica do grupo localizados no subsistema Nordeste.