Solar fotovoltaica alcança cinco mil cidades no país, diz Absolar

Mapeamento feito pela associação diz que Brasil tem 3,5 GW instalados e 294 mil sistemas

O Brasil atingiu a marca de cinco mil municípios com energia solar fotovoltaica instalada em telhados e pequenos terrenos de residências, comércios, indústrias, produtores rurais e prédios públicos, segundo dados desta quinta-feira, 17 de setembro, da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica. De acordo com o mapeamento da entidade, o país possui atualmente 3,5 GW instalados e 294 mil sistemas fotovoltaicos conectados à rede, que representam mais de R$ 17 bilhões em investimentos acumulados desde 2012.

Os empregos gerados pelo setor nos municípios, que representam 89,8% do total no Brasil, ultrapassam 120 mil trabalhadores que atuam com projetos de geração distribuída. A fonte solar fotovoltaica lidera com folga o segmento de geração distribuída, com mais de 99,9% das instalações do País. As conexões fotovoltaicas trazem economia e sustentabilidade ambiental a cerca de 367 mil unidades consumidoras.

O presidente do Conselho de Administração da Absolar, Ronaldo Koloszuk, comemora a expansão do acesso à energia solar nos municípios brasileiros. Porém ele considera que o país ainda está apenas no começo desse processo de transição energética para uma matriz mais limpa e sustentável. A tecnologia fotovoltaica distribuída representa apenas 0,4% das unidades consumidores existentes no território nacional, hoje em torno de 84,4 milhões.

Para Rodrigo Sauaia, CEO da associação, a energia solar fotovoltaica, sobretudo na geração distribuída, é uma forte locomotiva de geração de emprego e renda e de atração de investimentos privados ao País. Segundo ele, apenas no primeiro semestre deste ano, o setor gerou mais de 47 mil novos postos de trabalho, mesmo com a crise de saúde e econômica decorrentes da pandemia de Covid-19. Para Sauaia, por ser um mercado muito dinâmico, com forte atração de investimentos, a energia solar é uma alavanca para o desenvolvimento econômico sustentável do Brasil.