Cemig vai trocar 300 mil medidores até o fim do ano

Modernização vai permitir mais exatidão e rapidez na medição

Até o fim deste ano, a Cemig vai visitar cerca de 700 mil unidades consumidoras e substituir quase 300 mil medidores de energia antigos por equipamentos mais modernos. O objetivo é manter o parque de medidores renovado e atuar na prevenção de possíveis falhas técnicas e furtos de energia.

De acordo com Luiz Renato Fraga Rios, gerente de Medição e Perdas Comerciais da Cemig, a modernização vai minimizar a chance de erros de leitura, como pode ocorrer nos medidores com ponteiros. Segundo ele, os novos medidores são mais modernos e apresentam maior confiabilidade. Uma das principais vantagens do novo medidor é trazer mais exatidão e agilidade ao leiturista na coleta de dados para o faturamento. Para o cliente, o equipamento moderno oferece mais facilidade no acompanhamento do consumo mensal.