Neoenergia recebe autorização do Cade para comprar eólica na BA

Para a espanhola Iberdrola, a operação permitirá a companhia ampliar sua atuação geográfica no país

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE) autorizou a Neonergia Renováveis a prosseguir com o processo de compra de um complexo eólico localizado na Serra da Gameleira, no estado da Bahia, desenvolvido e de propriedade da PEC Energia. O CADE concedeu o aval sem restrições, segundo despacho publicado no Diário Oficial da União (DOU) nesta quinta-feira, 22 de outubro. Os ativos não estão operacionais e o valor da operação não foi revelado.

De acordo com a Neoenergia, empresa controlada pela espanhola Iberdrola, a aquisão será operacionalizada por meio da cessão de direitos e obrigações e do pagamento do preço de aquisição dos projetos de geração de energia eólica.

Para a Iberdrola, a operação é vista como uma oportunidade positiva para ampliar a sua atuação geográfica e capacidade de geração de energia elétrica no território brasileiro a partir de fontes renováveis. Para a PEC Energia, a operação representa a realização de seu modelo de negócio, que se consubstancia no desenvolvimento de projetos de geração de energia renovável para posterior venda ao mercado, possibilitando, desta forma, retorno pelos investimentos realizados e respectiva capitalização.

A Neoenergia atua em 18 estados brasileiros, produzindo, transmitindo, distribuindo e comercializando energia elétrica​, transmissão, distribuição e comercialização de energia elétrica. Na Bahia, a empresa possuí o complexo eólico Caetité com três parques.