CCEE terá orçamento de R$ 180,7 milhões para 2021

Montante é 2,4% superior ao aprovado para 2020

Em Assembleia Geral Extraordinária (AGE) nesta segunda-feira, 26, os agentes associados à Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) aprovaram por unanimidade o orçamento para 2021, no valor de R$ 180,7 milhões. O montante é 2,4% superior ao aprovado para 2020 e fica abaixo da meta do Banco Central com o Índice de Preços para o Consumidor Amplo (IPCA) esperado de 3,0% a.a. para o próximo ano.

“A CCEE fez uma gestão estratégica do orçamento para garantir a continuidade das operações e dos aprimoramentos para evolução do mercado, de forma que estivesse dentro da realidade econômica do país”, ressalta Rui Altieri, presidente do Conselho de Administração, em nota à imprensa.

O reflexo positivo desta gestão orçamentária está na contribuição associativa para o próximo ano, paga mensalmente pelos associados, que terá redução de 0,6% em relação ao valor de 2020. Além disso, os agentes terão um abatimento de R$ 3 milhões na parcela de dezembro deste ano.

A Assembleia foi realizada de forma online, respeitando as orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS), e a votação foi remota em sistema desenvolvido pela instituição. Representantes de 3.389 agentes participaram da AGE, o correspondente a 58,5% dos votos válidos.

Durante a reunião, foi apresentado um vídeo com as principais entregas da organização em 2020, e Altieri discorreu sobre o foco da CCEE na alta satisfação dos agentes e a busca pelo protagonismo nas evoluções do mercado.

Dentre os pontos destacados pelo executivo estão a implantação do PLD horário, os novos procedimentos voltados à segurança de mercado, a modernização da matriz, a abertura de mercado e a regulamentação da repactuação do risco hidrológico (GSF). A respeito do tema, afirmou que a CCEE trabalha com a possibilidade de fechar a discussão ao longo de 2020 e começar os pagamentos em 2021.

A conselheira Roseana Santos apresentou a proposta orçamentária para 2021 e discorreu sobre a gestão orçamentária do atual exercício.