Hydro assina memorandos para até 1,1 GW

Acordos contemplam projetos em três estados do país, Brasil deverá liderar as reduções de emissões da empresa em termos globais

A Hydro assinou dois memorandos de entendimento para o desenvolvimento de projetos de geração renovável no Brasil. Segundo a empresa, esse é um passo importante para a recém estabelecida unidade de renováveis da organização, que visa oferecer energia renovável competitiva aos seus ativos industriais. A companhia assumirá posições acionárias e operacionais em projetos eólicos, solares e hidrelétricos no Brasil e nos países nórdicos.

Em comunicado, a Hydro afirma que a energia renovável é um passo importante para um futuro mais sustentável e é um elemento chave em sua agenda estratégica. E que visa reduzir a pegada de CO2 das operações em 30% até 2030. A maior parte dessa redução, continua, deverá ter origem nas operações no Brasil.

Os acordos foram firmados com a Scatec e Equinor para projeto solar no Brasil. A usina projetada é de 480 MW, contempla a propriedade conjunta e o desenvolvimento do projeto pelas três partes e a retirada de parte da produção de energia pela Hydro. Já foi definido, pelas parceiras, que o empreendimento ficará no Rio Grande do Norte.  Sujeitas a um acordo final, as empresas pretendem chegar a uma decisão de investimento em 2021.

Já o segundo acordo foi com o Green Investment Group (GIG) com o objetivo de desenvolver em conjunto um projeto combinado de energia eólica e solar com 620 MW de capacidade instalada. O projeto será localizado no Piauí e em Pernambuco. Sujeitas a um acordo final, as empresas têm como objetivo chegar a uma decisão de investimento em 2021.