Fitch afirma rating para emissão de R$ 95,5 mi da UFV São Pedro IV

Perspectiva é estável e rating reflete receitas contratadas do projeto

A agência de classificação de risco Fitch Ratings afirmou nesta quarta-feira, 23 de dezembro, o Rating Nacional de Longo Prazo ‘AAA(bra)’ da primeira emissão de debêntures do Projeto Central Fotovoltaica São Pedro IV Ltda., no valor de R$ 95,5 milhões, com vencimento em 2034. A Perspectiva do rating é estável.

De acordo com a Fitch, o rating da emissão reflete as receitas totalmente contratadas do projeto, baseadas em contratos de compra e venda de energia a preços fixos e sem exposição ao Preço de Liquidação de Diferenças, devido às características dos Leilões de Energia de Reserva. A classificação também considera a adequada certificação do recurso solar, com diferença de 10,6% entre a geração de energia a P-50 e a P-90 de um ano, além da baixa complexidade de operação do projeto e a disponibilidade de outros operadores no mercado em caso de necessidade de troca da contraparte.

As debêntures representam a única dívida do projeto, são seniores, totalmente amortizáveis até seu vencimento e são indexadas ao IPCA, mesmo índice de correção das receitas do projeto. A estrutura da dívida conta com conta reserva de seis meses para pagamento da dívida, que poderá ser substituída por fiança bancária de mesmo valor contratada pelo projeto. Os Índices de Cobertura do Serviço da Dívida mínimo e médio no cenário de rating da Fitch são de 1,76 vez e 1,97 vez, respectivamente, compatíveis com ratings nesta categoria para projetos fotovoltaicos com 100% de energia contratada.

O projeto comercializou sua energia no LER de 2015, por meio de PPAs cuja contraparte é a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica. A Fitch considera sólida a regulamentação do setor elétrico brasileiro e entende que o risco de contraparte é sistêmico.  Uma ação negativa pode ocorrer caso a geração de energia abaixo de P-90 de um ano por período sucessivos.