Solarian conclui usina de 4,9 MW no interior de SP

O complexo produzirá 8.700 MWh por ano

A Solarian Energy concluiu a energização da usina solar fotovoltaica UFV Salto de Pirapora II, no interior de São Paulo, com capacidade instalada de 4,9 MW. O complexo produzirá 8.700 MWh por ano e evitará a emissão de 653 toneladas de CO2 na atmosfera anualmente.

Segundo a companhia, com a entrada em operação desta usina, a capacidade de geração de energia da Solarian aumentará em 106% e a população da região será beneficiada com uma rede mais estável e segura. A previsão é de que as as usinas abastecerão 94 farmácias instaladas nas áreas de concessão de CPFL Piratininga.

A Solarian informou que a usina é o primeiro projeto que utiliza seguidores solares (trackers). A tecnologia aumenta a produção de energia e a rentabilidade do projeto como um todo. O empreendimento, que ocupa uma área de 100.000 m², demandou investimento de 17 milhões de reais, feito em parceria com um fundo estrangeiro.