Aneel define CVUs das UTEs Norte Fluminense e Termopernambuco

Publicação no DOU registra R$ 437,66/MWh para o quarto patamar da usina e em R$ 152,94/MWh para empreendimento da Neoenergia

A Aneel aceitou o pedido da termelétrica Norte Fluminense e revisou o valor do Custo Variável Unitário referentes aos meses de dezembro e janeiro. O Operador Nacional do Sistema Elétrico e a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica deverão aplicar os valores de setembro para os patamares 1, 2 e 3, nos montantes de R$ 81,96/MWh, R$ 93,02/MWh e R$ 177,88/MWh, e o patamar 4, em janeiro, fixado em R$ 437,66/ MWh, a partir da primeira revisão do Programa Mensal de Operação.

A Agência também atendeu à solicitação da Neoenergia para a UTE Termopernambuco, autorizando que o ONS e a CCEE utilizem o CVU de R$ 152,94/MWh a partir da primeira revisão do Programa Mensal de Operação após a publicação do despacho autorizativo. Ambas decisões foram publicadas no Diário Oficial da União dessa sexta-feira, 22 de janeiro, por meio das Portarias nº 128 e 129.