Operação da Conta Covid recebe premiação internacional

Empréstimo de R$ 15,3 bilhões foi contratado com o objetivo de amortecer os impactos financeiros da pandemia no setor elétrico

A operação de financiamento da Conta Covid recebeu essa semana o prêmio internacional “Deals of the Year Awards”, na categoria financiamento estruturado. A premiação foi concedida pelo grupo LatinFinance, que destacou o papel do empréstimo de R$ 15,3 bilhões ao setor elétrico na recuperação da atividade econômica.

A conta foi criada pelo Decreto 10.350 como objetivo amortecer os impactos financeiros da pandemia do novo coronavírus para os agentes da cadeia do setor elétrico que atendem o mercado regulado. A negociação do empréstimo envolveu  um pool de 16 bancos, liderados pelo BNDES.

Os contratos de empréstimo foram assinados pela Câmara de Comercialização de Energia Elétrica, que ficou responsável pelo repasse dos recursos às distribuidoras.

Além de dar liquidez ao setor, o empréstimo adiou para os próximos anos o repasse de parte dos impactos tarifários da crise para o consumidor. O custo da operação será paga na tarifa de energia elétrica, por meio de encargo embutido Conta de Desenvolvimento Energético.