PLD horário médio está mais baixo que o semanal, aponta CCEE

Na primeira semana, o Sudeste descolou dos demais enquanto no Sul o valor verificado foi o mais baixo

O PLD horário no mês de fevereiro está se mostrando em um patamar ligeiramente mais baixo do que o PLD na base semanal em todos os quatro submercados do país. Os valores foram apresentados nessa quarta-feira, 10 de fevereiro, pela Câmara de Comercialização de Energia Elétrica em seu evento quinzenal Encontro PLD, que foi adiantado em uma semana por conta do Carnaval.

De acordo com os dados da CCEE, no Sudeste/Centro-Oeste o valor está em R$ 160,91 via modelo Dessem ante os R$ 161,37 na modalidade anterior. No Sul, o valor na base horária é de R$ 155,19 ante R$ 160,95 caso estivesse na base semanal por patamar. No Nordeste e Norte os valores estão em R$ 159,19 no horário ante R$ 161,37 no semanal. No mês de janeiro esse comportamento havia sido o inverso.

Na primeira semana de fevereiro os valores no SE/CO ficaram mais elevados na maior parte dos dias. O pico foi verificado no dia 4 às 15h quando ficou em R$ 174,26/MWh.Já o Sul apresentou comportamento inverso sendo o que apresentou menor valor absoluto R$ 127,52/MWh em 5 de fevereiro às 3 horas daquele dia. Os valores no Norte e Nordeste ficaram equacionados com valor médio entre os dois outros submercados.

Nesta segunda semana, até o dia 10, os valores estão mais próximos. A média está em R$ 169,85/MWh no SE/CO, Norte e NE. No Sul está levemente mais baixo, a R$ 169,10/MWh. Enquanto os três primeiros tiveram pico de R$ 177,77 em 9 de fevereiro às 14 horas, o Sul registrou o menor valor em 7 de fevereiro às 7 horas.