GPTW anuncia ranking do Prêmio Destaque Energia 2020

Na primeira edição do prêmio, 15 empresas fora contemplada. GNA, Casa dos Ventos e Kroma Energia foram algumas das contempladas

A primeira edição do Prêmio Destaque Energia 2020, do Great Place to Work, teve 41 empresas inscritas, representando mais de 43 mil funcionários em todo o Brasil. Para esta edição, 15 empresas foram premiadas, sendo cinco de Geração, Distribuição e Transmissão, cinco de Comercialização e cinco de Cadeia de Valor.  Entre as premiadas estão a GNA, Casa dos Ventos, Celeo Redes Brasil, 2W Energia e Ceneged.

O estudo do Great Place to Work apontou ainda a oportunidade de crescimento profissional, qualidade de vida e alinhamento de valores como os principais motivos pelos quais os funcionários permanecem nessas organizações, consideradas as melhores para se trabalhar no segmento de Energia do Brasil.

Entre as análises dos profissionais do setor, foi revelado que 40% tem mais de 55 anos e 84% dos quadros de funcionários são ocupados por homens. No entanto, 77% das companhias premiadas contam com um profissional responsável por combater a discriminação e promover a diversidade. Já 57% das empresas permite que os colaboradores participem de programas de voluntariado no horário de trabalho. Cerca de 71% das empresas que figuram no ranking das melhores no setor de Energia oferece bolsas para graduação ou pós, 57% tem mentoring e 50% oferece bolsa para cursos de idiomas.

Para Roberto Mosimann, diretor executivo da regional Rio de Janeiro do GPTW, nos últimos anos o segmento vem se aproximando da consultoria, tanto por fortalecimento de marca como para melhoria nos processos de gestão das empresas. Segundo ele, a importância da aproximação é que, com a incorporação da metodologia, todos ganham. Esse crescente interesse impulsionou o GPTW a criar um destaque especial para as empresas do setor, onde reconhecemos excelentes ambientes de trabalho através da aplicação da nossa metodologia. Para receber a certificação do Prêmio é preciso ter no mínimo 30 funcionários no Brasil e a classificação nacional de atividades econômicas deve estar relacionada com Indústria de Energia.

A GNA foi uma contempladas na categoria Geração, Distribuição e Transmissão. A head de RH da GNA, Angela Serpa, comemorou a conquista. De acordo com ela, mesmo durante a pandemia, foram implementadas uma série de ações para manter toda equipe motivada e garantir a saúde e a segurança do time da empresa. A GNA também realizou uma série de ações no período de home office. A empresa passou a oferecer um Programa de Apoio Pessoal, além de Canais de Atendimento Médico em caso de suspeita de Covid-19.

A empresa ofereceu ainda testagem de COVID-19 em casos suspeitos, mesmo em home office, bem como vacina em domicílio da gripe e triple viral. A GNA também desenvolve ações para promover a equidade de gênero. Seu quadro de funcionários é composto por 47% mulheres e 53% homens, sendo que 28% do time feminino está em cargos de liderança, e este mesmo percentual representa as mulheres presentes no board da companhia.

Outra premiada foi a Casa do Ventos. De acordo com Lucas Araripe, diretor de Novos Negócios da empresa, há a consciência do papel transformador da empresa para a sociedade, que já começa a desempenhar esse papel dentro de casa, com a valorização, reconhecimento e as oportunidades que dá  aos colaboradores para que se desenvolvam cada vez mais.

Premiadas Energia 1ª Edição – Geração, distribuição e transmissão
Celeo Redes Brasil
Energisa Tocantins
EPASA – Centrais Elétricas da Paraíba
GNA – Gás Natural Açu
Transmissora Aliança de Energia Elétrica

Premiadas Energia 1ª Edição – Comercialização
2W Energia
Casa dos Ventos Energias Renováveis
Esfera Energia
Kroma Energia
Safira Energia

Premiadas Energia 1ª Edição – Cadeia de valor
Ceneged
Cotesa
Portal Solar
RDE – Referencial Desenvolvimento Energético
Teccel Engenharia