Abradee apoia medidas de redução tarifária

Para associação, intenções do governo são validas. Soluções devem ser construídas em diálogo com o setor

A Associação Brasileira de Distribuidores de Energia Elétrica divulgou nota de apoio aos esforços para redução tarifária, afirmando que “são válidas as intenções do Governo Federal de se buscar alternativas que ajudem a tornar mais justa a composição das tarifas de energia elétrica.” A Abradee ressaltou que as medidas adotadas sejam construídas a partir de diálogo com o setor, como aconteceu com a Medida Provisória 998, que foi aprovada pelo Congresso Nacional e aguarda sanção presidencial.

A MP prevê, entre outras coisas, a redução de subsídios que encarecem o custo da energia para a população, lembra a Abradee. A associação destaca que para as distribuidoras é importante a redução dos subsídios embutidos nas tarifas por meio da Conta de Desenvolvimento Energético e também aqueles que estão ocultos já não são mais necessários, como o da geração distribuída.

A nota lembra também que nos últimos anos a Abradee tem apresentado propostas ao governo e à Agência Nacional de Energia Elétrica para a redução dos custos da conta de luz, e embora os preços da energia estejam entre os mais baixo do mundo, metade da conta é composta por encargos, tributos e subsídios. Isso com que as tarifas para o consumidor final estejam entre as mais elevadas. A fatia de distribuição fica, em média, em torno de 19% do total.