Porsche fecha parceria para uso de eletropostos da EDP no Brasil

Clientes da marca alemã receberão um cartão para credenciamento em 50 pontos de recarga da empresa no país

A EDP Smart, divisão que reúne o portfólio de soluções em energia da EDP, anunciou uma parceria com a Porsche para ampliar a experiência dos clientes da marca alemã em eletropostos públicos da companhia no Brasil. Quem adquirir um veículo elétrico da marca, como o novo Porsche Taycan ou as versões híbridas de Cayenne ou Panamera, receberá um cartão personalizado (EV.Card), que o credenciará para utilizar um dos 50 pontos de carregamentos públicos ativos da EDP no Brasil.

Com o EV.Card em mãos, o cliente poderá efetuar o desbloqueio de pontos de recarga aproximando o cartão de um leitor junto à tela dos equipamentos, que fará a identificação do usuário. O processo de ativação do cartão será feito em uma página exclusiva da montadora, responsável por habilitar os usuários para a utilização do aplicativo EDP EV. Charge Br, que conta com mais de 100 motoristas cadastrados no país.

Por meio do aplicativo, os proprietários podem encontrar os eletropostos disponíveis, gerenciar seus carregamentos e liberar o uso de carregadores pelo celular. Os clientes ainda terão acesso a campanhas exclusivas no site da EDP Smart, como a oferta de painéis solares e até mesmo serviços residenciais como a contratação de eletricistas, encanadores, chaveiro, por meio do serviço do EDP Facilita.

Até o fim de 2022, a EDP planeja triplicar os pontos de carregamento disponíveis, tendo apresentado à Aneel projetos de mobilidade elétrica que representam investimentos acima de R$ 50 milhões. O principal deles, que tem a Porsche como parceira, prevê a instalação de 30 postos de carregamento ultrarrápido que vão cobrir todo o estado de São Paulo até o ano que vem, conectando os principais corredores elétricos do país, interligando a capital paulista ao interior e a capitais de outros estados, em mais de 2.500 quilômetros de extensão.

Trata-se do primeiro e maior projeto da América do Sul de instalação de carregadores ultrarrápidos (150kW e 350kW), com um investimento de R$ 32,9 milhões. O primeiro posto ultrarrápido foi inaugurado em outubro de 2020 em Caraguatatuba, no litoral norte de São Paulo, e outros novos eletropostos serão anunciados em 2021.