Receita vai leiloar equipamentos eólicos em 31 de março

Propostas deverão ser apresentadas até o dia 30. Visitação nos portos de Recife e Suape tem de ser agendada

A Receita Federal vai realizar leilão eletrônico no dia 31 de março com 132 lotes de equipamentos eólicos e hidráulicos que, segundo o Ministério da Economia, foram abandonados por uma empresa do setor nos portos de Recife e de Suape, em Pernambuco. Para apresentar proposta, o participante deverá acessar o sistema de leilão do órgão, por meio do Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte (e-CAC), até o próximo dia 30.

Apenas pessoas jurídicas habilitadas e sem pendências, como a proibição de participar de licitação pública, por exemplo, poderão participar da disputa. A verificação in loco das mercadorias deverá ser feita por agendamento, pelos telefones (81) 99961-1131; (81) 99670-3422.  As datas disponíveis para visitação pública são de 9 a 11/03, de 16 a 18/03 e de 23 a 25/03, de 9h às 11h e de 13h às 15h. Será obrigatório o uso de máscara pelos representantes das empresas.

Pelas regras do edital, o lance vencedor deverá ser pago integralmente até o primeiro dia útil após a data de confirmação do resultado do leilão. Ou em até oito dias, com entrada de 20% até o primeiro dia útil e quitação dos 80% restantes até o fim do prazo. O pagamento em atraso será acrescido de multa. A mercadoria deverá ser retirada em até 30 dias.

O certame será promovido pela Superintendência da Receita Federal na 4ª Região Fiscal (Alagoas, Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte). De acordo com o ministério, e é uma reedição do leilão que ocorreu em dezembro de 2020, mas com número de lotes ampliado. Acesse a relação dos lotes e o edital.