Lucro da Cemig em 2020 cai 10,3% para R$ 2,8 bilhões

Receita líquida da companhia recuou em 1%, enquanto EBITDA subiu 29,7% na comparação anual, chegando a R$ 5,7 bilhões

A Cemig viu seu lucro líquido cair 10,3% em 2020, chegando a R$ 2,8 bilhões ante R$ 3,2 bilhões registrados no ano anterior. A companhia divulgou seus resultados financeiros na madrugada do último sábado, 27 de março, mostrando EBITDA de R$ 5,7 bilhões, crescimento de 29,7%, e a receita líquida em R$ 25,2 bilhões, recuando 1% na comparação anual.

Quanto aos indicadores de qualidade no fornecimento de energia, o DEC da companhia saiu de 10,56 horas em 2019 para 9,57 horas, e o FEC ficou em 4,86 vezes, valor ligeiramente inferior aos números do ano anterior, com ambos resultados ficando em conformidade com os padrões definidos pela Aneel.

Já no último trimestre do ano passado, o lucro da estatal mineira atingiu R$ 1,3 bilhão, montante 136,2% superior aos R$ 563,9 milhões embolsados no mesmo período de 2019. EBITDA e receita líquida também subiram, com índices de 23,6% e 5,8%, ficando em R$ 1,6 bilhão e R$ 6,8 bilhões respectivamente.