Ingredion acerta com Omega parceria para fornecimento de energia eólica

Contrato vai abastecer unidade em Pernambuco, e envolve emissão de Certificados de Energia Renovável

A Ingredion, empresa de soluções de ingredientes de origem natural, anunciou parceria com a Omega Energia para fornecimento que atenderá 100% do consumo da unidade da empresa em Cabo de Santo Agostinho, em Pernambuco, em conjunto com a emissão de Certificados de Energia Renovável.

O contrato garante que a energia consumida pela unidade seja toda renovável e produzida pelos projetos eólicos da Omega no Nordeste, o que tornará a cadeia de valor da Ingredion ainda mais sustentável e alinhada aos valores da própria Omega, que tem como propósito transformar a sociedade por meio da energia limpa, barata e simples. O investimento no projeto de longo prazo com a Omega representará uma importante economia de custos para a Ingredion e evitará a emissão de 50 mil toneladas de CO2 durante o período do contrato, que começará em janeiro de 2023 e irá até dezembro de 2032.

De acordo com André Stolf, VP de Operações da Ingredion para América do Sul, com a parceria a Ingredion reforça sua preocupação com a sustentabilidade da sua operação por meio do uso da energia limpa, de baixo custo e operação simplificada. Para ele, a aproximação representa uma oferta completa que agregará valor diretamente aos clientes e parceiros pela redução do impacto ao meio ambiente, ganhos em eficiência e diminuição de custos.

O projeto é um passo importante para a Ingredion consolidar sua filosofia sustentável. Stoff quer contribuir com o meio ambiente reduzindo a emissão de gases poluentes via aceleração da transição energética. A intenção é promover vantagens ambientais, com redução de até 90% da emissão de gases do efeito estufa.

Fabiana Polido, Diretora Comercial da Omega Energia, comemora que a empresa faça fazer parte da estratégia de energia e sustentabilidade da Ingredion, uma empresa que, assim como a Omega, preza pela boa gestão dos critérios ESG e entende a sua responsabilidade no processo de preservação ambiental.