Tarifas da Energisa Sul/SE podem aumentar 9,9%

Revisão tarifária da distribuidora ficará em consulta pública até 29 de maio

O processo de revisão tarifária da Energisa Sul Sudeste vai entrar em consulta pública nesta quarta-feira, 14 de abril, com uma proposta que vai resultar em aumento médio de 9,90% para a concessionária. O efeito médio previsto é de 4,03% para os consumidores em alta tensão e de 12,13% para os de baixa tensão. O processo deve ser concluído até o meio do ano, para que o índice final entre em vigor a partir de 12 de julho.

A diferença no efeito a ser percebido entre os grupos de consumo é explicada pelo aumento dos custos de distribuição, que tendem a afetar mais a baixa tensão e às novas tarifas de referência (TRs) calculadas nas revisões tarifárias.

As contribuições à consulta serão recebidas pela Aneel até 29 de maio, com reunião virtual, em 6 de maio. A distribuidora atende cerca de 815 mil unidades consumidoras em 85 municípios no interior de São Paulo, de Minas Gerais e do Paraná.