Volatilidade e risco hidrológico são pontos de atenção para CCEE

Outros pontos estratégicos na agenda da CCEE para 2021 são o acompanhamento da normalização do mercado, formação de preços, segurança e abertura do mercado e modernização do ACR

Durante a Agenda Setorial 2021, o presidente do Conselho de Administração na Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), Rui Altieri, destacou que a volatilidade dos preços chegou a mais de 40% é uma das preocupações da entidade.

Altieri disse que não há uma explicação razoável para essa variação, já que não houve uma variação expressiva da inadimplência. “Tivemos variações de preços da ordem de 40% a 45%”.

Entre as percepções de risco, é que o período hidrológico foi ruim, o maior dos últimos 91 anos e os preços deveriam estar mais altos. Altieri lembra que é preciso trabalhar para aproximar ao máximo a percepção de risco das instituições e do mercado. “Isso desestimula os contratos de longo prazo para se defender das variações do PLD (…) e suportar o investimento de ampliação do sistema”.

O executivo afirmou também que entre os diversos temas estratégicos da CCEE para 2021 estão o acompanhamento da normalização do mercado, trabalhar a formação de preços, a segurança e abertura do mercado e a modernização do ACR.