Ontario Teachers compra Evoltz da TPG

Transmissora foi criada a partir de ativos da Abengoa. Transação ainda precisa de aval de órgãos regulatórios

O Ontario Teachers Pension Plan Board anunciou que celebrou acordo com a TPG para compra de 100% de participação na Evoltz. A transmissora, fundada em 2018 e originada dos ativos operacionais da Abengoa, possui sete linhas de transmissão que somam mais de 3.500 quilômetros em dez estados. A transação deve ser concluída no terceiro trimestre de 2021 e está sujeita às condições habituais de fechamento e aprovações regulatórias.

O Ontario Teachers é o administrador do maior plano de pensão de profissão única do Canadá, com 221,2 bilhões de dólares canadenses em ativos líquidos. De acordo com Dale Burgess, diretor executivo sênior de infraestrutura e recursos naturais do Ontario Teachers, a estratégia da empresa tem foco na alocação de capital em ativos de infraestrutura essenciais e de alta qualidade, com riscos mais baixos e fluxo de caixa estável e vinculado a inflação. Segundo o executivo, os negócios de transmissão são atraentes devido à sua importância na transição para uma economia de baixo carbono.

O Ontario Teachers já atua no setor elétrico. Na Finlândia, comprou 40% de participação na Caruna, maior distribuidora de energia. Há 12 anos no Chile, possui 50% na Saesa, que atua na distribuição e transmissão. Edward Beckley, sócio da TPG, lembrou que a Evoltz desempenhou papel importante no fornecimento de energia renovável no país. João Nogueira Batista, CEO da Evoltz, ressaltou o trabalho na construção e transformação da empresa em uma empresa operacional de transmissão líder e mostrou entusiasmado para junto com a Ontario Teachers levar a empresa a novos patamares.