Light tem prejuízo de R$ 41,8 milhões no primeiro trimestre

EBITDA diminui 10% e fica em R$ 419,8 milhões enquanto indicadores de qualidade da distribuidora apresentam melhora

A Light fechou o primeiro trimestre do ano com prejuízo de R$ 41,8 milhões em relação aos R$ 177,6 milhões lucrados no mesmo período de 2020, apresentando um resultado financeiro em R$ 288,7 milhões menor.

A companhia divulgou seus resultados financeiros na última quinta-feira, 13 de maio, reportando EBITDA de R$ 419,8 milhões, redução de 10% função dos resultados da distribuidora.

A receita líquida aumentou 21,2%, indo de R$ 2,8 bilhões para R$ 3,5 bilhões e a dívida líquida reduziu 20,9%, ficando em pouco mais de R$ 4,3 bilhões. As perdas somaram 27,18% no período, 1,73 ponto percentual a mais do que em relação ao ano passado.

Quanto aos indicadores de qualidade da distribuição, o DEC foi de 7,78 para 6,95 horas, enquanto o FEC saiu de 4,78 para 4,41 vezes, ambos abaixo dos limites estabelecidos pela Aneel.