Santo Antônio tem prejuízo de R$ 504 mi no 1º trimestre

Resultado ebitda da empresa aumentou para R$ 449 milhões, aumento de 29% ante mesmo período de 2020

A Santo Antonio Energia apresentou prejuízo líquido de R$ 504,8 milhões no primeiro trimestre do ano. O resultado ebitda da geradora ficou em R$ 449 milhões, aumento de 29% na comparação com o mesmo trimestre do ano passado. Destaque ficou para o aumento em R$ 147 milhões da receita líquida, a margem ebitda passou de 45% para 49% na comparação com 2020.

A empresa sempre lembra que a usina foi implantada na modalidade de Project Finance, de forma que os resultados dos primeiros anos de operação são fortemente impactados pelas despesas financeiras, que serão reduzidas com o passar dos anos, após amortização gradual dos financiamentos. A dívida bruta da companhia é de R$ 17,6 bilhões, sendo que desse valor R$ 11,6 bilhões são com o BNDES.

No primeiro trimestre de 2021, a receita operacional líquida foi de R$ 923 milhões, incremento de 19% quando comparado ao mesmo período de 2020, quando reportou R$ 776 milhões. A elevação deve-se ao reajuste das tarifas e do término das descontratações de 200 MWm, realizadas em 2017, para hedge hidrológico.

Os custos operacionais do período apresentaram um aumento de 9%, passando de R$ 618 milhões para R$ 675 milhões, impactado substancialmente pelas liquidações na CCEE decorrentes da combinação adversa das curvas de GSF e PLD que gerou maior exposição energética e financeira para mitigação do risco hidrológico.