EDP ES vai construir subestação na região Serrana

Empreendimento contará com investimento de R$ 4,4 milhões e beneficiará 7,5 mil consumidores

A EDP Espírito Santo anunciou o aporte de R$ 4,4 milhões para construção da subestação Caldeirão, com a promessa de benefícios a 7,5 mil habitantes no município de Santa Teresa, na região Serrana, além das vizinhas Santa Maria de Jetibá e Itarana, criando cerca de 36 postos de trabalho durante as obras.

O empreendimento será erguido em uma área de 2,7 mil metros quadrados na localidade de Alto Caldeirão e está previsto para entrar em operação em seis meses, somando-se às outras 97 SEs que compõem a rede de distribuição da concessionária no estado.

A subestação contará com dois níveis de tensão (69/13,2 kV) e um transformador de 6,67 MVA distribuídos em dois alimentadores de média tensão, trazendo maior confiabilidade e qualidade. A operação será telecomandada via Centro de Operação Integrado (COI).

Totalmente digitalizadas, as unidades possuem sistemas de supervisão, comando, controle e proteção. Além disso, contam com vídeo-monitoramento para segurança, o que também permite aos operadores do COI visualizarem, de forma remota, as operações e serviços realizados nos equipamentos de alta tensão.