Santo Antônio tem perda de R$ 1 bi no semestre

Aumento do índice de correção do serviço da dívida impactou o resultado financeiro da companhia, apesar da melhoria do Ebitda

A Santo Antônio Energia registrou um prejuízo de pouco mais de R$ 1 blhão no primeiro semestre do ano, um aumento nas perdas de quase 100% quando no mesmo período de 2020. A geração operacional de caixa, medida pelo resultado Ebitda apresentou aumento de R$ 688 milhões para R$ 794 milhões neste ano, a margem contudo, ficou no mesmo patamar, em 45%.

A empresa explica o resultado negativo à piora do resultado financeiro do período que foi negativo em R$ 1,4 bilhão, aumento de 79% quando comparado ao mesmo período do ano anterior. De acordo com o balanço apresentado, esse efeito decorre do aumento do índice de correção do serviço da dívida (IPCA), sendo 3,7 p.p. maior que o período anterior, mas que foi compensado pela melhora do ebitda e da receita financeira, aumento de 10,7 p.p. do IGPM.

No primeiro semestre de 2021, a receita operacional líquida foi de R$ 1,8 bilhão, incremento de 15% quando comparado ao mesmo período de 2020, quando reportou R$ 1,5 bilhão. O aumento é devido ao reajuste das tarifas e do término das
descontratações de 200 MW médios, realizadas em 2017, para hedge hidrológico.

A dívida da companhia somava R$ 17,8 bilhões ao final do semestre. No primeiro semestre de 2021, o serviço da dívida foi de R$ 746 milhões, incremento de 91% quando comparado ao mesmo período de 2020, em decorrência do incremento do pagamento de juros do BNDES que passou de 50% para 60%, parcela de pagamento da Debênture 3° Emissão, e ainda, retorno do pagamento conforme programação original do seu contrato de financiamento junto ao FNO em função da finalização do programa de standstill ocorrido entre Abr/20 a Dez/20.