Copel aprova pagamento de R$ 1,43 bilhão em dividendos

Será pago R$ 0,41 por ação ordinária, R$ 0,45 por papel preferencial classe A e preferencial classe B e R$ 2,22 por unit

A Copel aprovou o pagamento de R$ 1,43 bilhão em proventos para 30 de novembro. Deste total, R$ 1,19 bilhão serão dividendos intercalares e R$ 239 milhões em juros sobre capital próprio (JPC).

Será pago R$ 0,41 por ação ordinária, R$ 0,45 por papel preferencial classe A e preferencial classe B e R$ 2,22 por unit. Os pagamentos serão efetuados na forma de crédito em conta corrente bancária constante no cadastro do acionista, em virtude disso os acionistas devem manter atualizados os seus dados bancários junto ao seu agente de custódia.

Em teleconferência com investidores em agosto, os executivos da Copel haviam comunicado que pretendiam fazer uma nova rodada de pagamento de dividendos em 2021 com pagamento no ano dos resultados.