Mercado fio da Copel cresce 8,3% no terceiro trimestre

Total de energia vendida pela empresa em todos os mercados aumentou 21,8% no trimestre e 22,5% no acumulado de 2021

O mercado fio da Copel aumentou 8,3% no terceiro trimestre de 2021 quando comparado a 2020. O consumo total de mercado livre, cativo e de outras concessionárias e permissionárias aumentou para 7.728 GWh no período de julho a setembro. O ACL apresentou maior expansão proporcional com 17%. No acumulado dos nove meses de 2021 o mercado da Copel indica alta de 7,5% de crescimento.

A companhia aponta que o resultado observado decorre do  desempenho da produção industrial do Paraná, que teve um crescimento de 8,2% em julho e 8,7% em agosto de 2021 em comparação com o ano anterior, ficando acima da média nacional no acumulado do ano, que é de 15,1% no estado, contra 9,2% no Brasil. A empresa destaca os ramos alimentício, celulose e papel e produtos de madeira como os de maior expansão. E ainda cita a retomada do consumo de energia elétrica da classe comercial pelo sexto mês consecutivo, e o aumento de 3,4% no consumo do mercado cativo, devido, principalmente, ao desempenho das classes residencial e comercial.

No ACL o aumento no número de consumidores nessa classe ficou em 27,6% por conta das alterações trazidas pela Portaria MME 465/2019, que possibilitou a entrada de mais consumidores para esse ambiente. Bem como, a migração de clientes da classe comercial, os quais representam, atualmente, 54% dos consumidores livres atendidos dentro da área de concessão da Copel Distribuição.

Na comparação ao ano de 2019, portanto antes da pandemia, a Copel aponta um crescimento do mercado fio de 5,3% no trimestre e de 4,7% na comparação com o acumulado de nove meses.

Já o mercado consolidado da Copel, que representa o volume de energia vendido aos consumidores finais
e é composto pelas vendas no mercado cativo da Copel Distribuição e pelas vendas no mercado livre da Copel Geração e Transmissão e da Copel Mercado Livre, registrou crescimento de 8,7% entre julho e setembro de 2021. No acumulado do ano o aumento está em 4,7%.

Por sua vez, o total de energia vendida pela empresa em todos os mercados atingiu 16.985 GWh no terceiro trimestre de 2021, representando um aumento de 21,8%. No acumulado do ano o índice é mais elevado ainda com 22,5%. Nessa última base de comparação houve queda de 0,3% na distribuidora e de 2,3% nas vendas de energia dos parques eólicos. No outro sentido, alta de 7,9% na subsidiária de geração e transmissão e de 88,7% na comercializadora da empresa.

Em comunicado a Copel ainda apontou que a UEGA, usina térmica merchant continua em operação e neste ano já gerou 1.835 GWh, um volume 329% maior do que o registrado no mesmo período do ano passado. Em termos trimestrais a alta é de 7 vezes mais.