INEL conta com nova diretora jurídica

Com vasta experiência na área de Direito de Energia, Marina Meyer Falcão assume com o objetivo de contribuir decisivamente para a democratização de energia limpa no país

O INEL (Instituto Nacional de Energia Limpa) tem uma nova diretora jurídica. Marina Meyer Falcão, advogada especialista em Direito de Energia, assumiu o cargo na última segunda-feira, 25 de outubro, com objetivo de intensificar a atuação institucional e ampliar as ações e esforços do instituto no âmbito jurídico para encaminhar e acelerar a votação e aprovação do projeto de lei 5829/19 que cria o marco legal da geração de energia descentralizada e poderá viabilizar o desenvolvimento do setor no Brasil.

Segundo Marina, o setor de energia como um todo atravessa um momento importante no âmbito jurídico e legislativo, com a tramitação do projeto de lei que visa democratizar a energia solar no Brasil, além dos obstáculos impostos pela crise hídrica atual ao sistema elétrico nacional. A trajetória acadêmica e profissional credencia Marina Meyer Falcão para assumir a função no INEL e contribuir na batalha pela diversificação da matriz energética nacional. Além de advogada especialista em Direito de Energia, com foco em Geração Distribuída, Direito Ambiental, Contratos e Regulação, a nova diretora jurídica do INEL tem vasta experiência e atuação na área de energia limpa.