Alupar tem lucro 26,3% maior no terceiro trimestre

No acumulado do ano o resultado positivo da empresa é 86,4% maior, com R$ 896,1 milhões

A Alupar reportou um lucro líquido de R$ 240,3 milhões no terceiro trimestre de 2021, aumento de 26,3%, na comparação com o mesmo período de 2020. No acumulado do ano o resultado positivo da empresa é 86,4% maior, com R$ 896,1 milhões. O resultado ebitda (antes de juros, impostos, depreciação e amortização) nos três meses encerrados em setembro somou R$ 902,8 milhões, alta de 20,7% ante o ano anterior e no ano está em R$ 3,1 bilhões, elevação de 65,9%.

A receita bruta da empresa no trimestre recuou 22,9% ante 2020, para quase R$ 1,3 bilhão e no ano é registrado aumento de 6,1% com R$ 4,5 bilhões. Na formação dessa receita, o maior volume vem de receita de remuneração do ativo de concessão, responsável por crescimentos de 44,3% no trimestre e 129,3% no ano, com R$ 674,2 milhões e R$ 2,7 bilhões, respectivamente.

No segmento de transmissão, a empresa reportou um lucro trimestral de R$ 267,4 milhões e no ano soma R$ 972,6 milhões. Em geração o resultado é negativo em R$ 23,1 milhões no trimestre e na soma dos nove meses de 2021 está em R$ 15,2 milhões, queda de 53% na comparação com o reportado um ano antes.

O balanço energético da companhia registra o impacto do GSF de 251,1 GWh no trimestre, além de uma exposição negativa na CCEE de 274,9 GWh, devido à estratégia de sazonalização adotada. A disponibilidade das unidades geradoras da empresa recuou de 82,9% para 76,3% na comparação trimestral.

Em termos de investimentos foram realizados aportes totais da ordem de R$ 182,9 milhões, sendo R$ 190,5 milhões no segmento de transmissão, redução de R$ 9,1 milhões no segmento de geração e ainda R$ 1,4 milhão no desenvolvimento de novos negócios. Esse volume é bem menor quando comparado aos R$ 659,6 milhões registrados no terceiro trimestre de 2020. No ano, os valores somam R$ 823,2 milhões, menos da metade do montante de R$ 1,8 bi de um ano antes.

A dívida bruta consolidada da Alupar e suas subsidiárias totalizou R$ 9,4 bilhões. As disponibilidades (caixa equivalente de caixa / investimentos de curto prazo / títulos e valores mobiliários) totalizaram R$ 1,6 bilhão. Sendo assim, a dívida líquida registrada ao final do trimestre totalizou R$ 7,8 bilhões, ante os R$ 6,8 bilhões de dezembro de 2020.