Echoenergia obtém liberação comercial para 33,6 MW eólicos no RN

Aneel também aprovou operação de aerogeradores e térmica na Paraíba, além de testes em outras fontes

A Agência Nacional de Energia Elétrica deliberou a operação comercial, até 28 de fevereiro, de oito aerogeradores da central Vila Espírito Santo I, somando 33,6 MW de capacidade instalada no município de Serra do Mel (RN). O ativo pertence a Echoenergia Participações, que também teve uma unidade de 4,2 MW da segunda usina do parque aprovada para testes.

A Neoenergia também recebeu parecer favorável do regulador, que liberou a operação de duas unidades geradoras das EOLs Ventos de Arapuá 1 e Chafariz 3, totalizando 7 MW de potência entre os municípios de Areia de Baraúnas e Santa Luzia, no sertão paraibano.

Outra aprovação comercial foi para a empresa Japungu Agroindustrial em relação a termelétrica Japungu, abarcando 4,8 MW de capacidade entre duas unidades em Santa Rita (PB).

Já para testes, a Aneel autorizou a térmica Da Mata, com uma unidade de 50 MW em Valparaíso (SP) e de posse da Da Mata S.A. – Açúcar e Álcool. A Enel Green Power também foi contemplada, com duas unidades e 8,4 MW através das EOLs Ventos de Santa Esperança 15 e 16, localizadas em Morro do Chapéu (BA).

Por fim a Agência também aprovou a testagem de uma turbina de 2,4 MW da central hidrelétrica Igrejinha, situada na cidade de Boa Vista do Cadeado (RS), além de um módulo fotovoltaico de 2,3 MW para a usina PB 1 Ferreira Costa, construída na capital João Pessoa (PB).