Pelo segundo ano consecutivo, CTG Brasil neutraliza 100% das emissões de carbono

Adesão ao projeto REDD+ Jari-Amapá, de manejo sustentável na Amazônia, garante a neutralização das emissões de todas as operações da companhia

A CTG Brasil informou que neutralizou 100% das emissões diretas de gases de efeito estufa referentes à sua operação em 2020, além das emissões indiretas relacionadas ao consumo de energia elétrica pela companhia, que totalizaram 1.332,84 toneladas de CO2. De acordo com a companhia, esse é o segundo ano consecutivo que a empresa neutraliza as emissões de todas as suas operações considerando esses dois escopos.

A neutralização das emissões vem sendo alcançada com a adesão da companhia ao projeto REDD+ Jari-Amapá. A iniciativa capacita famílias agroextrativistas da Amazônia para o manejo sustentável da floresta, em uma área de 220 mil hectares, na região do Vale do Jari. A companhia apoia o projeto com a compra de créditos de carbono. Além da neutralização, a empresa também foi reconhecida por mais um ano com o selo ouro do Programa Brasileiro GHG Protocol, referencial usado no mundo para quantificar e gerenciar as emissões de gases de efeito estufa.

No Brasil, o programa é desenvolvido pelo Centro de Estudos em Sustentabilidade da Fundação Getúlio Vargas (FGVces) e World Resources Institute (WRI), em parceria com o Ministério do Meio Ambiente (MMA), Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS), World Business Council for Sustainable Development (WBSCD) e 27 empresas fundadoras.