Limites do PLD são aprovados para 2022

Aneel também atualizou valores da Tarifa de Serviços Ancilares, de Otimização e de Itaipu

A diretoria da Aneel estabeleceu os valores limite do Preço de Liquidação de Diferenças (PLD) para o ano de 2022 em R$ 55,70/MWh mínimos e R$ 640,50/MWh para o PLD máximo estrutural, além de R$ 1.314,02/MWh para o PLD máximo horário, mostrando variação de 9,70% em relação aos limites máximos homologados em 2021. A decisão aconteceu após reunião realizada nesta terça-feira, 14 de dezembro.

No mesmo processo, a Agência aprovou em R$ 8,41/MVArh o valor da Tarifa de Serviços Ancilares (TSA) e de R$ 14,04/MWh para a Tarifa de Energia de Otimização (TEO), com a atualização em relação a esse ano ficando em 10,24%, correspondente à variação do IPCA. A taxa é calculada para cobrir os custos incrementais de operação e manutenção (O&M) das hidrelétricas e o pagamento da compensação financeira referente à energia transacionada no MRE.

Por fim, o regulador definiu em R$ 55,70/MWh o valor final da tarifa de energia de otimização para a usina de Itaipu, com a variação ficando em 11,9% em relação a 2021, impactada principalmente pelo aumento do dólar no período.

Segundo o voto da diretora-relatora, Elisa Bastos, os valores acima referem-se a preços de novembro de 2021, cabendo à superintendência de Gestão Tarifária atualizá-los a preços de dezembro deste ano, considerando o IPCA de novembro de 2021.