BBF obtém R$ 235,2 mi para construção de UTE híbrida em Roraima

Financiamento junto ao Banco da Amazônia será utilizado no projeto Híbrido Forte São Joaquim

A Brasil BioFuels (BBF) fechou um contrato de financiamento de aproximadamente R$ 235,2 milhões com o Banco da Amazônia (Basa). Os recursos serão destinados ao projeto da termoelétrica Híbrido Forte São Joaquim, que prevê 56,2 MW de potência instalada entre seis unidades geradoras em Boa Vista (RR).

O empreendimento contemplará uma térmica a biocombustível e painéis solares junto a um sistema de armazenamento, a partir de investimentos de R$ 336 milhões. As obras estão previstas para terminarem em 2023 e o preço referência para o ativo é de R$ 825,00/MWh.