CAs da Eneva e Focus Energia aprovam combinação de negócios

AGEs das duas empresas para deliberar sobre compra da Focus pela Eneva serão realizadas no dia 4 de fevereiro

Em comunicado conjunto, a Eneva e a Focus Energia informaram que os seus Conselhos de Administração aprovaram a combinação dos negócios das empresas, com a unificação das bases acionárias e a convocação das assembleias gerais para deliberar sobre a operação. As AGEs serão realizadas no dia 4 de fevereiro, às 11 horas. A compra da Focus pela Eneva foi anunciada no dia 15 de dezembro. A Focus atua em Comercialização, Geração e Geração Distribuída. A compra marca a entrada da Eneva no segmento das renováveis, diversificando o seu portfólio. Em 2020, a empresa – que apesar de se notabilizar pela geração termelétrica é uma das pioneiras da fonte solar, com a UFV Tauá (CE – 1 MW), em 2011 – já havia tentado comprar a AES Brasil.

O portfólio de geração da Focus conta com os parques Futura 1, 2 e 3 (BA). Quando comissionado, Futura será o maior complexo solar do Brasil, com uma capacidade instalada de 670 MW. De acordo com o comunicado, haverá uma incorporação da Focus pela Holding, através da emissão, pela Holding de 89.654.856 novas ações ordinárias nominativas, escriturais e sem valor nominal da Holding e 89.654.856 novas ações preferenciais compulsoriamente resgatáveis, nominativas, escriturais e sem valor nominal da Holding, que serão subscritas pelos administradores da Focus. Posteriormente, a Focus será extinta e a Holding sucederá a Focus.

Outra etapa da operação é o Resgate de Ações Preferenciais, pelo valor de R$ 715 milhões. Em seguida vem a incorporação societária da Holding pela Eneva, com a emissão, pela geradora térmica de 17 milhões de novas ações ordinárias, nominativas, escriturais e sem valor nominal, a serem subscritas pelos administradores da Holding por conta dos acionistas dela e integralizadas por meio da versão do patrimônio líquido a ser incorporado, de maneira que a Holding será extinta e a Eneva seja sucessora.