Equatorial aprova oferta de 87,7 milhões de ações

Número de ações pode ser alterado e operação deve envolver até R$ 2,7 bilhões

A Equatorial informou em comunicado ao mercado na última quarta-feira, 26 de janeiro, que o Conselho de Administração aprovou a realização de oferta pública de distribuição primária de, inicialmente, 87.700.000 de ações ordinárias, nominativas, escriturais e sem valor nominal, de emissão da Companhia.

A oferta restrita será coordenada por Citigroup, Credit Suisse Brasil, UBS BB, XP Investimentos e Goldman Sachs do Brasil. Até a data de bookbuilding a quantidade de ações inicialmente ofertada, poderá ser aumentada em até 35% do total de ações inicialmente ofertado, ou seja, em até 30.695.000 ações ordinárias de emissão, nas mesmas condições e pelo mesmo preço das inicialmente ofertadas. Essas ações serão destinadas a atender eventual excesso de demanda que venha a ser constatado quando for fixado o preço por ação.

O valor indicativo do preço por ação é de R$$22,16 por ação ordinária de emissão, podendo variar para mais ou para menos, conforme a conclusão o Bookbuilding. Com base neste Preço por Ação indicativo, o montante total da oferta restrita seria de R$1.943.432.000,00, sem considerar as Ações Adicionais, e de R$2.623.633.200,00, considerando a colocação da totalidade das Ações Adicionais .