CEI Energética compra duas PCHs da Vale e chega a 125 MW

Usinas Nova Maurício e Glória somam 43 MW de capacidade instalada na Zona da Mata Mineira

A CEI Energética, plataforma de soluções em geração, O&M, desenvolvimento de projetos solares e hídricos e comercialização de energia e etanol, anunciou nesta quarta-feira, 4 de maio, a conclusão da compra das pequenas centrais hidrelétricas Nova Maurício e Glória, que até então compunham o portfólio energético da mineradora Vale.

O processo aconteceu por meio de duas subsidiárias da empresa, Tríade Energias Renováveis e Companhia Energética Rio Preto. Os empreendimentos estão localizados na Zona da Mata Mineira, nas cidades de Leopoldina e Muriaé, contando respectivamente com 29,23 MW e 13,8 MW de potência. Os valores não foram revelados.

Com o movimento o portfólio da CEI Energética e suas subsidiárias salta para 125 MW. No ano passado a companhia já havia adquirido outra usina da mineradora, a PCH Mello, localizada em Rio Preto (MG) e com capacidade instalada de 9,54MW. Segundo o presidente do Grupo, Romero Ferreira, a nova aquisição está alinhada com o planejamento estratégico da organização, que prevê novas incorporações ainda em 2022.