Lucro líquido da CTG Brasil cai 2% em 2021

EBITDA da Companhia atingiu os R$ 4,2 bilhões, 9,5% menor que 2020

A CTG Brasil divulgou que obteve um lucro líquido de R$ 1,7 bilhão em 2021, uma queda de 2,0% em comparação com o ano de 2020. Já o EBITDA da companhia atingiu os R$ 4,2 bilhões, 9,5% menor que o resultado do ano anterior.

Por outro lado, os custos e despesas operacionais da empresa alcançaram R$ 2,8 bilhões, incremento de 134,0% em relação a 2020. Para CEO da CTG Brasil, Zhao Jianqiang, a estratégia comercial de antecipar as compras e manter parte da energia descontratada foi fundamental para alcançar resultados positivos no período.

A companhia registrou uma receita operacional líquida de R$ 6,3 bilhões, uma alta de 20,1% em relação ao ano de 2020.
Vale destacar que em 2021, a estratégia da CTG Brasil de ampliar o portfólio de geração em fontes renováveis começou a se transformar em realidade. A companhia estruturou um time para o desenvolvimento de projetos nessa área e avalia direcionar investimentos para recursos em energia eólica e solar no País. “A combinação das fontes eólica e solar complementa a geração de energia hidrelétrica e torna a oferta do serviço mais acessível e adaptada ao perfil de consumo dos clientes, ampliando o impacto positivo dos negócios da CTG no País”, disse Zhao.

Investimentos
Os investimentos da CTG Brasil em inovação somaram R$ 23,8 milhões em 2021, superando em 46% a obrigação regulatória. Parte dos recursos foram direcionados ao crescimento da empresa por meio da diversificação do portfólio e complementariedade das fontes de geração. Um dos destaques foi a Missão Estratégica Hidrogênio Verde, maior chamada pública já realizada no Brasil para projetos de inovação nessa área. O edital recebeu inscrições de 31 projetos, de 13 estados diferentes, e três foram selecionados para receberem apoio.

Além disso, com investimento de R$ 1,6 milhão, a parceria com a ACATE (Associação Catarinense de Tecnologia) foi renovada para manter o Digital Innovation Lab, que funciona como conexão com o ecossistema de startups. A prioridade será acelerar a transformação digital da companhia. “Nossa estratégia de inovação, pesquisa e desenvolvimento (P&D) está voltada para a excelência operacional e gestão de ativos, novas oportunidades e modelos de negócio e para suportar o nosso crescimento com foco em energias 100% renováveis”, finaliza Zhao.