Olá, esse é um conteúdo exclusivo destinado aos nossos assinantes
Para continuar tendo acesso a todos os nossos conteúdos, escolha um dos nossos planos e assine!
Redação
de R$ 47,60
R$
21
,90
Mensais
Notícias abertas CanalEnergia
Newsletter Volts
Notícias fechadas CanalEnergia
Podcast CanalEnergia
Reportagens especiais
Artigos de especialistas
+ Acesso a 5 conteúdos exclusivos do plano PROFISSIONAL por mês
Profissional
R$
82
,70
Mensais
Acesso ILIMITADO a todo conteúdo do CANALENERGIA
Jornalismo, serviço e monitoramento de informações para profissionais exigentes!

A FlexPag acabou de fechar uma parceira com a EDP, onde suas soluções para o pagamento de faturas serão usadas pela empresa do setor elétrico. “Fechamos essa parceria em tempo recorde, assinamos o contrato em uma semana e na outra a nossa plataforma já estava rodando dentro da companhia”, disse o gestor comercial da FlexPag, Aloisio Neto.

Segundo o executivo, a EDP consegue oferecer aos seus clientes a possibilidade do débito periódico de contas no cartão de crédito e outras opções. Apenas nesse cliente a solução tem o potencial de chegar a 3,6 milhões de consumidores, que passam a ter novas soluções para o pagamento de faturas. Inicialmente, o portal de pagamento contempla clientes que possuem contas em aberto há mais de 30 dias, disponibilizando as modalidades de parcelamento no cartão de crédito em até 21x e Auxílio Brasil, o que contribui para a redução da quantidade de inadimplentes da companhia.

“Nosso objetivo é melhorar a rotina de arrecadação, operação, cobrança e atendimento e com isso eu consigo também ajudar o consumidor por intermédio de uma melhor jornada e experiência na hora de realizar o pagamento. Mostramos para ele como é fácil pagar por dentro da EDP e da solução FlexPag. Nós temos uma área que estuda toda a regulação da Aneel para proporcionar essas soluções como a aplicada para a EDP”, explica o executivo.

De acordo com ele, o primeiro contrato da Flexpag com uma distribuidora de energia ocorreu em 2017 com a Neoenergia Pernambuco, onde eles fizeram toda a parte de arrecadação. “Começamos a fazer a arrecadação digital e depois a quatro mãos desenvolvemos novas tecnologias e soluções, seja por canal de arrecadação ou produto”, destacou. E daí em diante eles evoluíram para uma plataforma de omnichannel, onde tem diversos canais de atendimento, arrecadação e esses canais vão para a plataforma central.

Hoje a FlexPag tem uma visão de mercado B2B2C, onde eles entendem que é preciso ajudar os clientes que são as utilities e ao mesmo tempo o consumidor. E de olho nesse mercado, a companhia lançou recentemente o FlexHub e o FlexPay, o primeiro focado em bancos e o segundo com foco em digitalização.