Olá, esse é um conteúdo exclusivo destinado aos nossos assinantes
Para continuar tendo acesso a todos os nossos conteúdos, escolha um dos nossos planos e assine!
Redação
de R$ 47,60
R$
21
,90
Mensais
Notícias abertas CanalEnergia
Newsletter Volts
Notícias fechadas CanalEnergia
Podcast CanalEnergia
Reportagens especiais
Artigos de especialistas
+ Acesso a 5 conteúdos exclusivos do plano PROFISSIONAL por mês
Profissional
R$
82
,70
Mensais
Acesso ILIMITADO a todo conteúdo do CANALENERGIA
Jornalismo, serviço e monitoramento de informações para profissionais exigentes!

A Thymos Energia entregou sua certificação de energia renovável à Chemtrade Brasil, indústria multinacional de cloro e derivados. Pelos cálculos da consultoria, a opção da companhia de adquirir energia renovável para alimentar as atividades no país contribuiu para evitar a emissão de 1.379,12 tCO2 equivalente, durante os anos de 2020 e 2021. A certificação está alinhada com os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) estabelecidos pela Organização das Nações Unidas (ONU) em sua Agenda 2030.

A indústria de cloro-álcalis é uma das maiores consumidoras de energia elétrica do País. Um estudo realizado pela Associação Brasileira da Indústria de Álcalis, Cloro e Derivados (Abiclor) indica que a eletricidade corresponde a quase 40% do custo de produção desse segmento, o que dimensiona o quanto é eletrointensivo. Assim, a opção por energia renovável é uma escolha bastante estratégica para tornar a produção de cloro e derivados mais sustentáveis. Esse contexto motivou a Chemtrade a usar o insumo advindo de fontes limpas, com a gestão da Thymos Energia.