Olá, esse é um conteúdo exclusivo destinado aos nossos assinantes
Para continuar tendo acesso a todos os nossos conteúdos, escolha um dos nossos planos e assine!
Redação
de R$ 47,60
R$
21
,90
Mensais
Notícias abertas CanalEnergia
Newsletter Volts
Notícias fechadas CanalEnergia
Podcast CanalEnergia
Reportagens especiais
Artigos de especialistas
+ Acesso a 5 conteúdos exclusivos do plano PROFISSIONAL por mês
Profissional
R$
82
,70
Mensais
Acesso ILIMITADO a todo conteúdo do CANALENERGIA
Jornalismo, serviço e monitoramento de informações para profissionais exigentes!

A Eletrobras CGT Eletrosul concluiu a recapacitação da linha de transmissão Blumenau – Joinville (230 kV). Com investimento de R$ 5,2 milhões, o empreendimento amplia a capacidade de corrente no trecho recapacitado, que passa de 609 A para 1.025 A (longa duração) e de 767 A para 1.198 A (curta duração).

As obras foram concluídas antes do prazo autorizado, previsto para 04 de agosto. A linha de transmissão recapacitada permitirá um incremento de Receita Anual Permitida (RAP) de R$ 1,6 milhão ao caixa da empresa. O trecho recapacitado fica entre a futura subestação Joinville Sul (em implantação pela Neonergia Vale do Itajaí Transmissão de Energia) e a subestação Joinville (Eletrobras CGT Eletrosul).

Segundo o diretor de engenharia de implantação da Eletrobras, Adilson Souza da Silva, não foi registrado nenhum incidente durante a fase de execução e foram atendidas as condicionantes do licenciamento ambiental específico, emitido pelo Ibama, e principalmente, os procedimentos de segurança na realização das atividades.