Olá, esse é um conteúdo exclusivo destinado aos nossos assinantes
Para continuar tendo acesso a todos os nossos conteúdos, escolha um dos nossos planos e assine!
Redação
de R$ 47,60
R$
21
,90
Mensais
Notícias abertas CanalEnergia
Newsletter Volts
Notícias fechadas CanalEnergia
Podcast CanalEnergia
Reportagens especiais
Artigos de especialistas
+ Acesso a 5 conteúdos exclusivos do plano PROFISSIONAL por mês
Profissional
R$
82
,70
Mensais
Acesso ILIMITADO a todo conteúdo do CANALENERGIA
Jornalismo, serviço e monitoramento de informações para profissionais exigentes!

A Copel lançou na última terça-feira, 1º de agosto, o programa “Aluno Energia”, que irá ofertar bolsas para os primeiros anos de curso de Engenharia Elétrica, mentoria ao longo de toda a graduação e estágio remunerado nos dois últimos anos, aos candidatos aprovados em seleção. O objetivo é estimular a permanência até a conclusão do curso por estudantes universitários que ingressam por meio de cotas.

De acordo com a companhia, o primeiro edital lançado pelo programa está aberto até o dia 01 de setembro para inscrições de interessados que estejam ingressando em Engenharia Elétrica por universidades públicas em Curitiba. Entre os requisitos listados, está o ingresso por sistema de cotas, ter cursado o ensino médio integralmente em escola pública e não possuir outra fonte e renda. São 15 vagas ofertadas neste primeiro processo de seleção, cujas etapas incluem apresentação de documentos, elaboração de vídeo e redação, e uma entrevista final. O resultado será divulgado no dia 20 de outubro.

O curso de Engenharia Elétrica foi selecionado como foco de atuação do projeto pela afinidade com os negócios da Copel, que historicamente fomentou a formação de profissionais da área, no Paraná. Segundo a Copel, o programa marca uma nova etapa no incentivo aos jovens profissionais, auxiliando no combate à evasão universitária.

Além da bolsa no valor de um salário-mínimo regional paranaense ao longo de até três anos, o edital prevê a cessão de um notebook para uso do estudante, o acompanhamento por um tutor da empresa e a oportunidade de ganhar experiência profissional, estagiando na Companhia. Para manter-se no programa, ao longo da formação acadêmica os participantes terão que manter alto índice de frequência às aulas e passarão por avaliação pelos tutores.