Olá, esse é um conteúdo exclusivo destinado aos nossos assinantes
Para continuar tendo acesso a todos os nossos conteúdos, escolha um dos nossos planos e assine!
Redação
de R$ 47,60
R$
21
,90
Mensais
Notícias abertas CanalEnergia
Newsletter Volts
Notícias fechadas CanalEnergia
Podcast CanalEnergia
Reportagens especiais
Artigos de especialistas
+ Acesso a 5 conteúdos exclusivos do plano PROFISSIONAL por mês
Profissional
R$
82
,70
Mensais
Acesso ILIMITADO a todo conteúdo do CANALENERGIA
Jornalismo, serviço e monitoramento de informações para profissionais exigentes!

A Urca Trading anunciou a entrada na comercialização varejista, a ser aberta a partir de janeiro de 2024 para todos os consumidores de média e alta tensão. A empresa aplicou R$ 5 milhões para a nova operação em todo o território nacional, com alvo nas indústrias de pequeno porte. A previsão é alcançar cerca de 2 mil clientes até o fim do próximo ano, buscando seu espaço num mercado que promete ser competitivo e que possui atualmente mais de 80 representantes na CCEE.

Além disso, o aporte também foi aplicado na adaptação de sistemas existentes e na migração para uma ferramenta de relacionamento com clientes (CRM) específica para o novo ambiente, além de investimento para atração de potenciais consumidores. Atualmente a comercializadora possui 50 contratos no mercado livre. Fundada em 2018, a trading acumula mais de 3.600 GWh em mais de R$ 1,1 bilhão em contratos de energia nos três primeiros anos, sendo responsável por uma operação de crédito de carbono de 2,3 milhões de toneladas canceladas voluntariamente em favor da térmica Prosperidade III.

O Grupo Urca atua em diversas áreas do segmento de energia renovável. Com a chegada da nova fase no ACL, o objetivo é atingir nichos de mercado voltados para clientes com fatura mensal de pelo menos R$ 10 mil reais. A empresa também anunciou que entregará I-Recs, certificado que rastreia e comprova a origem renovável da energia contratada pelo cliente, além de um selo de energia renovável. A chancela é tida como um ponto importante nos inventários de emissão das empresas e comunicação aos clientes finais, cada vez mais preocupados com o engajamento de toda cadeia na jornada NetZero.