Olá, esse é um conteúdo exclusivo destinado aos nossos assinantes
Para continuar tendo acesso a todos os nossos conteúdos, escolha um dos nossos planos e assine!
Redação
de R$ 47,60
R$
21
,90
Mensais
Notícias abertas CanalEnergia
Newsletter Volts
Notícias fechadas CanalEnergia
Podcast CanalEnergia
Reportagens especiais
Artigos de especialistas
+ Acesso a 5 conteúdos exclusivos do plano PROFISSIONAL por mês
Profissional
R$
82
,70
Mensais
Acesso ILIMITADO a todo conteúdo do CANALENERGIA
Jornalismo, serviço e monitoramento de informações para profissionais exigentes!

A Neoenergia concluiu o primeiro semestre deste ano com mais 181 eletricistas mulheres contratadas pelas cinco distribuidoras, na Bahia, Distrito Federal, Mato Grosso do Sul, Pernambuco, Rio Grande do Norte e São Paulo. As novas colaboradoras foram formadas pela Escola de Eletricistas e representam cerca de 85% das 207 alunas que finalizaram o curso das 26 turmas realizadas no período.

A companhia apontou que a contratação de mulheres eletricistas vem crescendo a cada ano. Em 2022, foram contratadas 41 eletricistas mulheres, das 66 formadas. Além disso, muitas das 563 eletricistas formadas desde o início da criação da Escola de Eletricistas, em 2017, já começaram a crescer na profissão e a ocupar novas posições dentro da Neoenergia.

Desde a sua criação, a Escola de Eletricistas já formou a 5.692 eletricistas, sendo 4.848 homens (3.679 contratados) e 844 mulheres (563 contratadas). As aulas são ministradas pelo Senai, no Nordeste e no Distrito Federal; e pelo Fundação de Apoio à Tecnologia (FAT/ETEC), em São Paulo. O conteúdo é dividido em duas partes, o teórico e o prático, possibilitando uma formação completa para os alunos. Todas as pessoas com idade acima de 18 anos, ensino médio completo e Carteira Nacional de Habilitação (CNH) podem se inscrever.

A Neoenergia informou que já conta com 3.000 mulheres em sua força de trabalho, em todas as áreas da empresa. Destas, mais de 380 ocupam cargos de liderança dentro da corporação.