Olá, esse é um conteúdo exclusivo destinado aos nossos assinantes
Para continuar tendo acesso a todos os nossos conteúdos, escolha um dos nossos planos e assine!
Redação
de R$ 47,60
R$
21
,90
Mensais
Notícias abertas CanalEnergia
Newsletter Volts
Notícias fechadas CanalEnergia
Podcast CanalEnergia
Reportagens especiais
Artigos de especialistas
+ Acesso a 5 conteúdos exclusivos do plano PROFISSIONAL por mês
Profissional
R$
82
,70
Mensais
Acesso ILIMITADO a todo conteúdo do CANALENERGIA
Jornalismo, serviço e monitoramento de informações para profissionais exigentes!

Dados do mercado automotivo obtidos pela Finbold mostram forte concorrência no setor, com tendência de mudança na participação de mercado dos players tradicionais. A Tesla, que dominava o mercado, viu a BYD assumir agora a liderança em termos de volume de vendas. No primeiro semestre de 2023, a BYD vendeu 1.191.405 veículos elétricos, o que representa uma média de 198.567 unidades por mês. As vendas unitárias da BYD ultrapassaram as 888.879 da Tesla em 302.526 veículos. Durante os primeiros seis meses de 2023, a fabricante americana de veículos elétricos vendeu em média 148.146 veículos por mês. As unidades incluem veículos elétricos a bateria e VEs híbridos plug-in.

De acordo com o levantamento, o destaque da BYD tem sido a relação custo-benefício, coincidindo com a demanda local por produtos caseiros acessíveis em meio à desaceleração da economia chinesa. Os modelos de veículos da empresa têm preços inferiores aos dos concorrentes estrangeiros. A fabricação da maioria dos componentes pela própria BYD contribui ainda mais para a redução de custos, e quaisquer componentes que não produza estão prontamente disponíveis nos fornecedores chineses. A pesquisa diz ainda que a concorrência entre a BYD e a Tesla deverá crescer à medida que o fabricante chinês avança para expandir sua presença no mundo. A Tesla estaria levando vantagem nessa parte, por já possuir uma clientela global.

Outros campeões de vendas são a BMW, com 220.795 unidades, seguida pelo GAC Aion com 212.090 VEs. A Volkswagen vendeu 209.852 veículos, enquanto SGMW, Mercedes e Li Auto comercializaram 191.767, 165.213 e 139.874 unidades, respectivamente. Entre os oito principais vendedores de VEs, apenas fabricantes da China, Alemanha e Estados Unidos estão representados.