Olá, esse é um conteúdo exclusivo destinado aos nossos assinantes
Para continuar tendo acesso a todos os nossos conteúdos, escolha um dos nossos planos e assine!
Redação
de R$ 47,60
R$
21
,90
Mensais
Notícias abertas CanalEnergia
Newsletter Volts
Notícias fechadas CanalEnergia
Podcast CanalEnergia
Reportagens especiais
Artigos de especialistas
+ Acesso a 5 conteúdos exclusivos do plano PROFISSIONAL por mês
Profissional
R$
82
,70
Mensais
Acesso ILIMITADO a todo conteúdo do CANALENERGIA
Jornalismo, serviço e monitoramento de informações para profissionais exigentes!

A EDP expandiu o seu serviço de geração distribuída para pequenas empresas. Agora, por meio do Solar Digital, empreendimentos de pequeno porte, como comércios, que consomem a partir de R$ 300 em energia por mês, podem utilizar a energia renovável gerada a partir de uma usina construída pela companhia.
O programa já está disponível para empresas localizadas nos estados do Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso do Sul, Pernambuco, Paraná, Rio Grande do Sul e São Paulo. Não há taxa de adesão ou fidelidade de contrato. Também não há troca de medidor ou qualquer alteração/adaptação no imóvel. Os créditos de energia gerados pela EDP são injetados na rede elétrica da distribuidora local.

Há uma única diferença ao consumidor, que passa a receber duas faturas: a da EDP, com a energia solar consumida; e a da distribuidora local, com os custos obrigatórios (disponibilidade, iluminação pública, impostos não compensáveis de PIS/COFINS e ICMS), além do excedente de energia, caso tenha consumido mais kW do que o volume de solar contratado.

Em GD solar, a EDP possui um portfólio de 95 MWp instalados, em projetos com porte entre 1-5 MWp. Na EDP Brasil, a geração distribuída tem se tornado prioridade na estratégia da empresa em energia solar, com o objetivo de chegar a 530 MWp de capacidade instalada nesta modalidade até 2026 – um crescimento de 520% em relação a 2022, com investimento de R$ 2,3 bilhões.

Para 2023, está prevista a construção de mais de 50 usinas de geração distribuída com capacidade instalada total de mais de 170 MWp. Com isso, a expectativa da EDP é chegar ao final do ano com mais de 260 MWp de capacidade instalada em geração distribuída, quase triplicando a capacidade instalada atual.