Olá, esse é um conteúdo exclusivo destinado aos nossos assinantes
Para continuar tendo acesso a todos os nossos conteúdos, escolha um dos nossos planos e assine!
Redação
de R$ 47,60
R$
21
,90
Mensais
Notícias abertas CanalEnergia
Newsletter Volts
Notícias fechadas CanalEnergia
Podcast CanalEnergia
Reportagens especiais
Artigos de especialistas
+ Acesso a 5 conteúdos exclusivos do plano PROFISSIONAL por mês
Profissional
R$
82
,70
Mensais
Acesso ILIMITADO a todo conteúdo do CANALENERGIA
Jornalismo, serviço e monitoramento de informações para profissionais exigentes!

A CTG Brasil lança seu 4º edital de recursos incentivados para o desenvolvimento local. O objetivo é apoiar financeiramente projetos que contribuam para o desenvolvimento e a geração de renda das comunidades que vivem no entorno das operações da companhia. Organizações socioambientais, culturais e esportivas poderão apresentar suas propostas até dia 9 de outubro, através do site. Ao todo, o edital será direcionado à mais de 110 cidades, incluindo municípios da Paraíba e Minas Gerais, que estão recebendo novos projetos de energia renováveis da companhia.

Segundo o gerente de sustentabilidade & ESG da CTG Brasil, Ronan Max Prochnow, o compromisso é apoiar projetos que geram transformação e impacto social positivo nas regiões onde a companhia atua, reforçando o comprometimento com os ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável) propostos pela ONU e segundo ele, o edital de recursos incentivados tem sido um desses mecanismos.

Além de promover desenvolvimento e geração de renda, os projetos contemplados pelo edital devem gerar acesso e oportunidades no mercado de trabalho para grupos minorizados e/ou em situação de vulnerabilidade socioeconômica, por meio da cultura, educação e do esporte, entre outras estratégias para a inclusão social.

Podem participar do processo: Organizações da Sociedade Civil (OSCs), de direito privado, sem fins lucrativos, devidamente regularizadas; organizações com fins lucrativos (empresas privadas) (exclusivamente para projetos aprovados via Lei de Incentivo à Cultura, programa de Apoio à Atenção Oncológica e Apoio à Atenção da Pessoa com Deficiência, que estejam com projetos devidamente aprovados até 31 de novembro de 2023); Conselhos de Direitos da Infância e Adolescência e Conselhos de Direitos da Pessoa Idosa, ou Organizações Públicas executoras de projetos aprovados pelos respectivos Conselhos (exclusivamente para projetos aprovados no âmbito dos Fundos dos Direitos da Criança e do Adolescente e Fundos dos Direitos da Pessoa Idosa).

No ano passado, os investimentos realizados pela CTG Brasil por meio de Leis de Incentivo Fiscal totalizaram R$ 16,2 milhões, 43,3% acima do ano anterior, beneficiando mais de 86 mil pessoas em 107 municípios.