Olá, esse é um conteúdo exclusivo destinado aos nossos assinantes
Para continuar tendo acesso a todos os nossos conteúdos, escolha um dos nossos planos e assine!
Redação
de R$ 47,60
R$
21
,90
Mensais
Notícias abertas CanalEnergia
Newsletter Volts
Notícias fechadas CanalEnergia
Podcast CanalEnergia
Reportagens especiais
Artigos de especialistas
+ Acesso a 5 conteúdos exclusivos do plano PROFISSIONAL por mês
Profissional
R$
82
,70
Mensais
Acesso ILIMITADO a todo conteúdo do CANALENERGIA
Jornalismo, serviço e monitoramento de informações para profissionais exigentes!

A Chamada Pública de projetos de Eficiência Energética da Cemig resultou em 17 propostas aprovadas e que receberão R$ 17,7 milhões. Os recursos serão utilizados em melhorias que deverão gerar a redução do desperdício nas unidades consumidoras e fomentar a geração sustentável de energia. Segundo a companhia, a assinatura dos instrumentos contratuais resultará numa economia de 7.552,17 MWh ao ano de energia, o suficiente para atender cerca de 5 mil clientes e 1.100,79 kW de redução de demanda na ponta. 

Entre os destaques desta edição está a instalação de quatro plantas fotovoltaicas para entidades de saúde públicas e filantrópicas do estado: Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Minas Gerais, unidade Bias Fortes; a Santa Casa de Campo Belo, a Santa Casa de Perdões e a Santa Casa de São Sebastião do Paraíso. 

Já em busca de modernizar o parque de iluminação pública, nove prefeituras apresentaram projetos que permitirão a eficientização de parte das luminárias das vias. Cristais, Divinópolis e Itajubá estão apresentando projetos nessa mesma tipologia pela segunda vez, e terceira no caso de Itajubá, o que demonstra um movimento para ampliar os benefícios para outras áreas.

Outras aprovações foram em Araçuaí, Cana Verde, Carmo de Minas, Nanuque, Ouro Fino e Três Pontas. Em outras fontes de uso da energia, foram contemplados projetos que compreendem a modernização de motores de bombeamento das redes de saneamento dos Serviços Autônomos de Água e Esgoto dos municípios de Itabira e Três Pontas.  Ainda em Itabira, uma iniciativa de modernização do sistema de refrigeração beneficiará o Hospital Nossa Senhora das Dores. Por sua vez, clientes residenciais de diferentes cidades mineiras serão contemplados com a substituição de lâmpadas ineficientes por LED, em um projeto itinerante.